top of page

ACT: Cesan aceita contraproposta e categoria ganha Mesa de Negociação Permanente

Após a reunião entre a diretoria do Sindaema, representantes dos trabalhadores e representantes da empresa, realizada nesta quinta, dia 20/04, o sindicato apresentou uma contraproposta: manter reuniões bimestrais dos trabalhadores com a Cesan. E a empresa aceitou! Agora, o sindicato vai levar a proposta para aprovação da categoria: a assembleia virtual será na próxima terça (25/04), a partir das 09 horas.



Além da proposta apresentada pela empresa e que já traz alguns avanços para os trabalhadores, nossa categoria também terá uma Mesa de Negociação Permanente, como um espaço constante de diálogo. Esse espaço será um local de encontro dos trabalhadores com a empresa, sendo possível discutir e avançar sobre os itens apresentados na pauta de reivindicações dos trabalhadores e que a empresa informou que não poderia tratar neste momento.


Com a Mesa de Negociação Permanente, os itens não acolhidos pela Cesan não serão deixados de lado e seguirão em avaliação. E isso é fundamental, para o sindicato, visto que todos esses itens foram apresentados pelos trabalhadores da empresa durante as assembleias realizadas pelo Sindaema, neste ano.


“Um marco histórico na luta dos trabalhadores, depois de anos de pouco diálogo, termos uma Mesa de Negociação Permanente para tratar dos temas centrais da nossa categoria, a exemplo do PCR, da flexibilização de jornada de trabalho, dos exames periódicos e de outros temas importantes para a categoria São avanços para melhores condições de trabalho”, pontua a diretora Wanusa Santos.



Dentro da proposta apresentada pela Cesan, nesta quinta-feira (20/04), o Sindaema destaca a recomposição de salários e demais itens econômicos (piso salarial, base de insalubridade e gratificação de motorista usuário) em 5%, garantindo-se o IPCA; além da extensão do auxílio creche / babá até o final do ano no qual a criança nascida após 31/03 completar 6 anos de idade, e dos benefícios conquistados no ACT 2022/2023 serem mantidos, entre outros.


O Sindaema reconhece, ainda, que a proposta apresentada pela empresa é uma conquista para os trabalhadores, com um ganho real para a categoria – o que não ocorria nas negociações do ACT desde 2015. O sindicato também reconhece a postura transparente da empresa e por ter concedido uma proposta que respeita os empregados.


Enquanto isso, o sindicato segue em negociação com a Cesan pela a revisão do PCR e para a abertura de um PIADV, destinado aos trabalhadores que desejam se desligar.


Confira a proposta logo abaixo!


1 – Recomposição de salários em 5%, garantindo-se o IPCA acumulado entre maio/22 e abril/23, caso o IPCA supere tal percentual;


2 – Recomposição de demais itens econômicos (piso salarial, base de insalubridade e gratificação de motorista usuário) em 5%, garantindo-se o IPCA acumulado entre maio/22 e abril/23, caso o IPCA supere tal percentual;


3 – Correção do vale alimentação para R$ 2.026,41 (dois mil e vinte e seis reais e quarenta e um centavos);


4 – Atualização do valor do auxílio creche/babá para 250 VRTES e extensão até o final do ano no qual a criança nascida após 31/03 completar 6 anos de idade, desde que atendidas as demais regras estabelecidas na norma interna de benefícios bem como suas atualizações posteriores;


5 – Possibilidade de jornada parcialmente remota a empregados com PCD (Pessoa Com Deficiência), cadeirante, desde que compatível com as atividades da Companhia, contemplando 4h de trabalho presenciais contínuas em turno pré-definido e 4h de trabalho remoto sem controle de jornada, nos moldes dos artigos 75-B e seguintes da CLT, desde que o empregado garanta condições de comunicação da empresa no período de trabalho remoto assim como custeio de despesas pelo beneficiário, zerando-se os saldos de horas relativas a compensação de dias pontes dos beneficiários dessa redução;


6 – Manutenção dos demais benefícios contidos no Acordo Coletivo de Trabalho 2022/ 2023, exceto a Cláusula Quadragésima Oitava.

Комментарии


bottom of page